quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Confissão


Há dias em que quero morrer para não sofrer…
Há dias em que quero morrer sem sofrer…
noutros sofro para não morrer.
… o amor é testemunha e réu deste sofrimento
em que permaneço, por querer morrer amado.

3 comentários:

O'Sanji disse...

morrer ama(n)do.

Zaclis Veiga disse...

todos deveríamos morrer amados
de amor de verdade
de amor dolorido
de amor sem tempo
e de dias coloridos
e com os olhos brilhantes.

© Piedade Araújo Sol disse...

trocadilhos...

com sentido...

beij