domingo, 2 de maio de 2010

A tempo



Vou!
antes que o prazer se esgote
e o coração pare.
Vou antes que a tua pele me olhe
como um leito seco
e o olhar se afunde num deserto escamado.
Vou antes que a tua boca se feche
e as mãos se tolham na ceifa da sede.
Quando? Não sei…
espero que a tempo de te ouvir dizer:
Vem!!!

2 comentários:

Tia disse...

Desejo que sim, que vás a tempo...

Bj

Moon disse...

E porque não "não váz"? :)