terça-feira, 23 de março de 2010

As minhas mãos hoje


Quando minhas mãos fecho,
aperto um vazio que me sabe a ti


4 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

pensamento sofrido.

beij

Luz disse...

Que curioso este post, precisamente quando estendi as minhas mãos, em que toquei as outras mãos e, senti este vazio como se tivesse fechado as minhas mãos quando apenas esperava que as outras se abrissem, mas não..., permaneceram inertes como em outros momentos...
O sabor deste vazio dilacera-me, deixa cortes nas mãos que estendo...

Tia_Cunhada disse...

Brilhante...

Bj

sonja valentina disse...

... de saudade!