domingo, 21 de março de 2010

Declaração


Deixa-me dizer que te amo
repetidas vezes
como se fosse a primeira.

Deixa-me dizer que te amo
para que o ouças,
que o leias,
que o sintas.

Deixa-me dizer que te amo,
uma vez mais,
pois nunca saberei
qual será a última.

Deixa-me dizer que te amo
antes que as palavras se gastem,
antes que o amor adormeça,
antes que a vida se esgote!


4 comentários:

Ana disse...

Nunca é demais dizê-lo. Nunca é demais ouvi-lo.
E assim com palavras destas ... Gostei!

Luz disse...

Quando o sentimos com verdade nunca será demais dizê-lo e, nunca ficará gasto se sempre o soubermos dizer em cada momento.
Gostei como sempre!

Abraço de Luz

© Piedade Araújo Sol disse...

gostei.

um poema que é uma verdadeira declatação.

um beij

sonja valentina disse...

impossível esgotar tão forte sentimento que leva ao ímpeto das palavras.